Falar da minha Terra Natal Por favor deixe seus comentários

O QUE SINTO

magia

Em cada esquina de tuas ruas mágicas!
na tua praia , se vê nascer amores
maravilha e encanto de inspiração.
És  a flor mais bela,
dentre de todas as flores.
felizarda.d.f.
*************

minha Terra

Minha Terra com chaves abri,
lugares vivos e boa gente
para o Campo , comi e bebi,
para o sul , vendo e olhando
bebi vinho e iguarias.
Paisagem linda e praia vi,
nesse Porto Santo que me perdi.
felizarda.d.f

*****************
Nasci
Ai nasci , ai me fiz!
e aqui o que quer que eu faça,
É nulo esforço nulo de verdade
para impedir o sol de brilhar.
Onde quer que ele nasça.
felizarda.d.f.
      **
Das saudades tenho medo!
que um dia venha a sofrer,
desta grande afeição.
Que trago no coração.
    ***
Que trago no coração,
e que não quero perder,
pois esta minha afeição.
Ainda me faz sofrer.
       ***
Sempre tive

Sempre tive senso e humor!
e nunca acreditei,
naquele que era doutor.
          **
Pois era superior
só porque sabia ler,
mas eu por saber pouco.
Meus olhos dava pra" ver.
         **
Meus olhos dava pra" ver
e estamos a comprovar,
quem muito que sabe ler.
Muito mais sabe roubar.
    ***
Muito mais sabe roubar,
tenho pena do que digo,
todos os dias vejo coisas.
Que só confirma , o que digo.
           ****
No Planeta jardim!
no jardim , um canteiro,
no canteiro uma violeta.
E ao lado um Dragoeiro.
felizarda.d.f.
       ****
Manias , e mais manias!
que existe no Porto Santo,
Manias , e mais manias!
que existe no Porto Santo,

é por causa das manias.
Que o povo sofre tanto.
é por causa das manias.
Que o povo sofre tanto.
Saudade
Quando eu era pequena!
tudo era novidade,
era o tabaibo que via.
Onde hoje sinto Saudade.
Era o tabaibo , era a uva,
nas alturas de Verão,
uva que pouco via.
Na palma da minha mão.
Os figos deliciosos,
as melancias pequenas.
de tudo tenho saudade.
Hoje recordo apenas.
Salazar
Com os meus 14 anos!
pouco ou nada era em vão,
Nessa idade eu já sabia.
Que este Senhor já fazia.
Seu Povo vir comer á sua mão.
II
Mas hoje pouco mudou
pelo aquilo que estou vendo,
deram foi mais cor há vida.
E o resto vão comendo.
III
Ainda vai haver quem diga,
não é verdade afinal,
dão a uns tiram a outros.
Qual a diferencia afinal.
Olha o lindo Manjerico!
todo bem engalanado
com fitas de varias cores.
Para dar ao namorado.
II
Para dar ao namorado
para dar há namorada,
escreve teu recadinho.
E vai dar há tua amada.
III
Cuidado com o manjerico
não comeces a cheirar,
que ele não gosta disso.
E fica logo a murchar.
Borboletas borboleta !
borboletas de jardim
andam de rosa em rosa.
A cuidar do meu jardim.

A cuidar do meu jardim,
borboletas parecem flores
andam de rosa , em rosa.
todas cheias de cor.

Todas cheias de cor
todas cheias de amor
as lavras do meu coração.
Ficaram cheias de dor.
f.d.f.
Se eu pudesse contar!
minha vida dava fado
com a guitarra a treinar.
Vinha todo o meu Passado.
II
Vinha todo o meu passado
vinha todo o sofrimento
é melhor não começar.
Talvez vá com o vento.
III
Talvez vá com o vento
e vou parar por aqui
vou contando aos pouquinhos.
Deve de ser melhor pra" mim.
f.d.f.
Para derrubarem a árvore
primeiro amole o machado,
pois eu tenho muita força.
E também muito passado.
II
Pois todo o pouco que sei
devo muito ao meu passado
foi tudo com muito esforço.
E nunca foi nada roubado.
III
E  nunca foi nada roubado
pessoas me tiram do sério,
e eu só sou derrubada.
Um dia no Cemitério.
f.d.f.

Anda muitos por aqui!
a ver o que coloco
com medo eu não lhes tire.
Uma porcaria de foto.
II
Uma porcaria de foto
passam a vida a cismar
porque vão enriquecer .
Com cada foto altera.
III
Com cada foto alterar
mudando a Natureza
pois para ganhar dinheiro.
Fazem tudo com certeza.
IV
Quando estiverem ricos,
me venham aqui contar
ou coloquem no Blogger.
Que eu quero publicar.
f.d.f.
Os lírios não bastam. As leis não nascem das flores.
Meu nome é luta, e escreve-se
na história.

Feliz 8 de Março.
Dizem que hoje é,
Dia Internacional da Mulher,
mas este dia,pra"mim.
É como outro qualquer.
II
É como outro qualquer,
sem ter uma alegria,
sempre cheia de trabalho.
E o corpo com  fadiga.
III
Vamos criando o Mito,
levando a vida normal,
para sentir alegria.
Uma vez por Ano afinal.
IV
Mas com tudo isto,
não deixo de acreditar,
que temos lutado muito.
Vamos continuar,como tal.

felizarda drumond faustino.
Somos fortes,temos força,
somos mulheres Resistentes,
e vamos continuar.
A ser Mulheres valentes.
II
Mesmo embaixo levamos,
a vida sempre,em frente,
que a presença da mulher.
É sempre mostrar valente.

desejoso a todas as mulheres do Mundo força,esperança.com um beijo grande.
Querem eles,querem ou não,seremos sempre fortes e nunca iremos deixar de vencer.felizarda drumond faustino.
Uma terra maravilhosa!
para mim é um prazer
que me da imenso gozo.
Sempre sobre,ela escreve.
****
Sempre sobre ela escrever,
e sempre a defender
mas quando será o dia.
De todos se entender.

felizarda.d.f.
É preciso amar as coisas!
cheirar a terra do chão,
para no fundo sentir.
Ela no coração.
***
felizarda.d.f.
Eu vivo longe da terra!
da terra onde nasci,
e corta meu coração.
Saber o que sei de ti.

Esse lugar tão belo
que há muito não vejo,
desperta em mim desejo.
De te dar um grande beijo.
Bom dia queridos amigos!
aqui estou a cumprimentar,
lhes desejar bom domingo.
Pois não podia faltar.
Em cada esquina de tuas ruas mágicas!
na tua praia,se vê nascer amores
maravilha e encanto de inspiração.
És  a flor mais bela,
dentre de todas as flores.


    m suspiro!
    Um suster desse cheiro
    que me agrada...
    Esse volver de Terra
    que se sente
    no calor que emana
    do chão molhado,
    que piso docemente,
    e que amo,
    Com amar de séculos,como sempre aqui
    eu tenho estado,
    neste chão
    que me inebria o pensamento
    e que me enche o coração.
    A ti volto,em ti busco
    o aconchego de meu ternurento lar
    e de minha dourada infância...
    Só tu conheces
    pela vida,meu caminhar,
    meu doce chão,eterna terra
    de meu sonhar...

    Uma Ilha abençoada!
    onde dela querem tudo
    e a ela  não dão nada.

    Que mais  poderei fazer
    por ti minha linda Ilha,
    do que fazer rascunhos
    e estares  em meus sonhos.

    Sonho que estou  nessa praia
    que ando pelos teus campos,
    Amando  teus encantos
    que teu calor me aquece
    tua  água  me apetece.


    Sem comentários:

    Enviar um comentário