Falar da minha Terra Natal Por favor deixe seus comentários

segunda-feira, 6 de abril de 2015

O Bolo do Caco tradição em Porto Santo

O Famoso bolo
O Bolo do caco, é um bolo de origem Árabe trazido para Porto Santo pelo antigos colonos. Eu me recordo em miúda ver esse bolo ser feito num gênero de chapa de ferro própria ,colocada em cima de uma trempe de 3 pés. Essa chapa antes de colocar a massa era muito bem aquecida ,e passavam um pano com um pouco de azeite para limpar e ver se tinha a boa temperatura para colocar a massa. Depois de o bolo cozido na chapa era colocado ao lado da trempe para acabar de cozer. .Afastando algumas brasas para não queimar de roda do bolo,esse bolo era o pão de cada dia dos Habitantes de Porto Santo, Além do pão das Padarias . Pois nem todos os Habitantes de Porto Santo iam comprar o pão e assim faziam em casa o bolo do caco,e também o pão.Com o evoluir dos tempos esse bolo se tornou famoso pois ele com manteiga e quente é muito saboroso. Me lembro da minha tia Jesuína amassar essa massa que só levava,farinha onde abria com a mão um pouquinho e colocava dentro o sal,o fermento de padeiro e deitava água quente e ia misturando bem transformando em massa.Depois de bem amassado ficava essa massa abafada de um dia para outro. Além de haver outras formas de fazer este bolo, aqui vos coloco uma receita , esta receita é a tradição madeirense .O de Porto Santo é só fermento , farinha sal, e muito bem amassado e muito bem cozido porque como leva o fermento de Padeiro faz muito mal ao estômago ! e dois dias depois cheio de bolorento.
Massa:
½ kg de batata doce
Sal grosso a gosto
50 g de fermento fresco
2 kg de farinha de trigo
Água, quantidade suficiente
Manteiga de alho:
50 g de manteiga amolecida
4 dentes de alhos picados
Salsa picada a gosto esta maneira de fazer esta receita já é na nossa Ilha da Madeira Massa: cozinhe a batata doce em uma panela com água até ficar bem macia. Com auxílio de um garfo, amasse a batata e reserve.
Dissolva o sal grosso no caldo de cozimento da batata (cerca de 1 litro) e reserve.
Em um recipiente, misture bem a batata, o caldo de cozimento com sal e o fermento fresco. Aos poucos, incorpore a farinha de trigo (reserve 2 xícaras de chá de farinha). Acrescente a quantidade de água necessária. O ponto da massa é bem mais mole do que a do pão tradicional, ela deve ainda grudar no dedo. Deixe descansar por 20 minutos.
Divida a massa em bolas e passe-as na farinha de trigo reservada, para não ficar grudando. Achate-as de modo a formar um disco com cerca de 3 cm de altura e um palmo de diâmetro. Disponha o disco sobre o caco (pedra de basalto), pré-aquecido durante 1 hora, e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos (5 minutos de cada lado).Felizarda Drumond Faustino.

O Bolo do Caco , o pão do Povo Hebreu que antigamente era cozido em cinzas a que alude ,no Antigo Testamento ,o Livro dos Reis e foi chamado pelos Celtas como o companheiro inseparável de viagens e romarias tão popular .Por isso deve ser um bolo Mundial se era o companheiro inseparável de viagens .Em Porto Santo era feito com fermento de padeiro e depois se fazia um acrescento para outras massas mas nem todos comiam era só para quem podia,pois nem todos comiam o bolo do caco ,alguns mais pobres comiam escarpiada e com milho moído na própria casa.O bolo do caco dava a volta de roda do fogo encostado há trempe para cozer de volta e lhe dar melhor sabor ficava torradinho..Na madeira com batata doce foi tradição da madeira cada terra tem seu uso.E nesta entrevista a primeira Senhora que falou foi a melhor correta,além de dizer que não tinham mudado de roupa. A Senhora Aida parece que a conheço.Bem AJA.O Nome que lhe davam os antigos era subcinirício. se refere ao que esteve debaixo da cinza.


 Estas são cor branca mas as que conheci no Porto era de cor cinza  era uma Mó manual que moia  o milho e trigo como o Moinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário